• A Casa da ari

#COVID-19 Como cuidar da MENTE em casa?


Quando o lema é #fiqueemcasa algumas consequências devem ser assumidas (e não ignoradas). Ficar em casa, em isolamento, não é tão fácil quanto parece. Medo, ansiedade, depressão e insônia são algumas doenças e sintomas que podem ser desenvolvidos se não nos cuidarmos. Cuidar de nós e dos outro.


O momento agora é de calma, escuta, apoio, acolhimento e solidariedade.


Por isto, em todo o Brasil, coletivos, organizações e grupos de psicólogos criaram iniciativas de apoio às pessoas que precisam de tratamento especializado e individualizado.


Segue abaixo uma lista de iniciativas mapeadas, como o Relações simplificadas e a

A Chave da Questão. Se você conhece alguém que necessite de atendimento, por favor, compartilhe!


PsicólogosSolidários


Projeto formado por psicólogos que oferecerão atendimento psicológico online, gratuito aos profissionais de saúde dos órgãos de urgências e emergências e aos que atuam na segurança pública, bem como aos pacientes que se encontram em isolamento. A prioridade dos atendimentos oferecidos será para a cidade de Varginha, podendo se estender também para a região do Sul de Minas, conforme disponibilidade da agenda dos psicólogos de plantão. Clique aqui e inscreva-se!


Escuta 60+


Oito terapeutas, entre psicólogos, psicanalistas e acompanhantes terapêuticos da área de envelhecimento se revezam durante a semana para escutar e acolher por telefone pessoas com mais de 60 anos. O atendimento é gratuito. (11) 3280-8537 seg. 15h/18h, ter. 9h/20h, qua. 9h/22h, qui. 9h/17h, sex. 9h/12h, sáb. sem atendimento, dom.19h/22h.


Psicologia Viva


O site oferece consultas online por teleconferência. Os valores, definidos pelos psicólogos, custam a partir de R$ 60. Por causa da pandemia da Covid-19, a plataforma passou a realizar também campanhas de conscientização dos pacientes com informações sobre como lidar com a ansiedade. 24h


Telavita


Os atendimentos custam a partir de R$ 90 e cada videochamada dura 50 minutos. São mais de 50 psicólogos cadastrados na plataforma. Os horários variam de acordo com a disponibilidade de cada profissional. 6h/23h (sáb. e dom. 8h às 17h)


Zenklub


Durante o período de pandemia, a primeira consulta online de 30 minutos custa R$ 1. Após o valor promocional, uma consulta de meia hora fica a partir de R$ 30. A plataforma oferece atendimentos com especialistas da área de psicologia, psicanálise, coach e terapia integrativa que devem ser agendados por meio do site. 24h.


CVV


O Centro de Valorização da Vida não é atendimento psicológico, mas realiza apoio emocional e prevenção do suicídio. Atende voluntária e gratuitamente todas as pessoas que querem e precisam conversar, sob total sigilo pelo telefone 188, email e chat 24 horas todos os dias. 24h


Minas Gerais


Desde o início da ação voluntária, os atendimentos acontecem diariamente, das 18h às 20h. A iniciativa é organizada e coordenada pela Igreja Adventista do Sétimo Dia de Belo Horizonte. Para ter acesso ao suporte emocional, basta acessar este site. Nele, o interessado verá os psicólogos disponíveis. Depois de selecionar o profissional desejado, é necessário clicar no ícone “conversar”.


São Paulo


Psicanálise na Praça Roosevelt, de São Paulo

(Atendimentos aos sábados, das 11h às 14h)

EscutAto – Instituto de Psicologia da USP (IPUSP)

Escrever e-mail para: escutato@gmail.com

Atendimentos: mediante agendamento


Varandas Terapêuticas – Instituto Gerar

Escrever e-mail para: atende@institutogerar.com.br

Contato: tel. (11) 3032-6905 e (11) 97338-3974

Atendimentos: mediante agendamento - Pagamento voluntário


Brasília


Psicanálise na Rua, de Brasília

Contato: facebook.com/psinarua

Atendimentos às sextas, das 16h30 às 18h30, e aos sábados, 10h às 12h


Grupo bate-papo, de Brasília

Escreva para: renatam@sesdf.com.br

Atendimentos: terças, às 13h; quartas, às 10h e às 14h; sextas, às 10h


Porto Alegre


Psicanálise na Praça, de Porto Alegre

Atendimentos aos sábados, das 11h às 14h


Sociedade Psicanalítica de Porto Alegre. Interessados devem preencher o formulário online para ser encaminhado ao atendimento. Nesta página, a pessoa deverá contar em qual situação se encontra e o motivo da procura. O telefone de contato é (51) 3224-3340, e funciona das 9h às 18h. Entidades que estão unidas neste projeto: a Associação de Psiquiatria do Rio Grande do Sul, Sociedade Brasileira de Psicanálise de Porto Alegre, Centro de Estudos de Psiquiatria Integrada, Centro de Estudos de Atendimento e Pesquisa da Infância e Adolescência, Instituto de Ensino e Pesquisa em Psicoterapia, ITIPOA e Centro de Estudos Luís Guedes.


Sociedade de Psicologia do Rio Grande do Sul. A SPRGS não tem atendimento via chat ou telefone, mas tem publicado orientações e cursos através das redes sociais e pelo site da entidade. A partir desta segunda (23), serão disponibilizadas atividades online.


São Carlos


Psicanálise de Rua, de São Carlos (SP)

Atendimentos aos sábados, das 11h às 14h, para pessoas da região de São Carlos


9 visualizações

ENTRE EM CONTATO

  • White Facebook Icon
  • White Instagram Icon

Nome *

Email *

Assunto

Mensagem